Como Fazer um Marketing Eficaz sem levar sua Empresa à Falência

Tempo de leitura: 8 minutos

Nenhuma outra área de negócio atrai tanto prestígio como marketing. Todos da área ainda são vistos como pessoas de enorme sucesso, que possuem algum tipo de conhecimento secreto. Devido à natureza flexível do marketing e seu grande número de técnicas, poucos empresários têm a confiança para levá-la em si mesmos.

Um pensamento já ultrapassado, faz com que alguns acreditem que o marketing pode gerar exatamente um número X de vendas para o dinheiro Y investido. Isso faz com que algumas decisões não sejam tão eficazes quanto poderiam ser. Para diminuir essa falta de visão geral, vamos dar uma olhada em algumas maneiras de fazer um marketing mais eficiente para as Start-ups e empresas iniciantes.

Marketing de alto investimento

Antes de falarmos sobre as técnicas para economizar dinheiro, indicaremos aqui àquelas que precisarão de investimento. Essas não são vistas como marketing “ruim”, mas pode colocar mais pressão sobre a receita de empresas recém-abertas.

O marketing tradicional: Outdoors, propagandas em TV, anúncios de jornal e assim por diante. Apesar de ainda serem meios extremamente viáveis para alguns setores, são também conhecidos como “prime / vip”. A razão para isso é a quantidade de dinheiro que é necessário pagar por eles. Basta verificar o que um anúncio de TV em um intervalo de tempo razoável iria custar! Dependendo do seu budget, esses custos poderão  fazer uma grande diferença no planejamento das finanças.

Mas por que é tão caro? A maioria dos marketings tradicionais não evoluiram adequadamente. Eles ainda estão alvejando grandes corporações com centenas de milhões de receita. Ainda não é colocado em conta a quantidade de start-ups no mercado, não muito tempo atrás, esse tipo de empresa não era relevante durante o auge da propaganda tradicional.

Agências: Relações públicas, marketing ou SEO, todas tentam pegar um pedaço do bolo das Start-ups. Ao contratar uma agência é possível obter grandes resultados, mas é necessário investimento.

Campanhas estratégicas de longo prazo com objetivos definidos são padrão. Para um empreendedor de start-up, isso soa quase bom demais, pois dá mais tempo para focar no produto e seus clientes.

A questão é: quando será que devo contratar ou, no caso, terceirizar esse trabalho? Ao iniciar um negócio próprio, existe a constante luta entre investimento e financiamento. Caso opte por contratar uma agência nessa fase do seu negócio, tenha claro que é possível ter esses custos e que outros setores da sua start-up não serão negligenciados.

Outro desafio que é necessário estar ciente, é o fato de que, dificilmente alguma agência terá a mesma visão ou entusiasmo que você tem com seu produto ou serviço. Por isso, certifique-se que as campanhas tenham a sua paixão.

Gerente de marketing: CEO, CFO, CTO e CMO. Estes nomes de posições, são de grande prestígio em empresas grandes e já estabelecidas. Já em Start-ups iniciais, são distribuídos “gratuitamente” entre as equipes de start-up. O CMO (Chief Marketing Officer) dirige e supervisiona todas as medidas de marketing tomadas por uma empresa. Em start-ups iniciais, isso geralmente significa que o CMO toma todas as decisões de marketing da empresa.

Quaisquer seja o nome do seu funcionário de marketing, há a grande chance desse departamento ser dirigido por uma única pessoa.  As chances são de um dos fundadores ou até um sócio na empresa assumir essa posição, além de suas outras funções.

Reserve a posição para um profissional de marketing quando a start-up precisar de uma equipe maior que requer liderança e controle. Isso dará mais tempo para se planejar e para a empresa crescer antes de ter a preocupação com diferentes cargos e responsabilidades. Melhores práticas indicam que a pessoa que acompanhar o marketing da empresa desde o princípio será futuramente o CMO.


Marketing sem foco:
Enquanto os componentens de marketing citados acima são viáveis apesar de caros, um marketing sem foco é o que realmente drena recursos em Start-ups. Sem dúvidas, fazer marketing em empresas iniciais é um jogo de tentativa e erro. Mas, é necessário uma estratégia junto com as execuções. Ficar atento qual estratégia funciona melhor para o seu negócio é crucial – será que é a “A” ou a “B”. Sem isso, o empresário só estará queimando dinheiro em probabilidades.
Qualquer conceito começa com uma nova idéia. Após, todos os envolvidos devem se unir para criar uma estratégia de marketing. Definir metas intermediárias e finais. Definir um período de tempo. Organizar auditorias para verificar se o efeito real é o mesmo que o previsto. Tudo isso ajuda a verificação de conceitos e a utilização apenas daqueles que realmente funcionarem.

Marketing de baixo investimento

Propaganda digital: Cerca de todas as estratégias que usam motores de busca e da web 2.0. Eles têm a vantagem de normalmente só exigir investimento em forma de horas trabalhadas. Para dar uma visão geral, aqui estão três das técnicas mais utilizadas:

Marketing de Conteúdo: A Internet está constantemente mudando, em relação a hábitos e novidades. Devido ao constante esforço do Google para fornecer o melhor conteúdo para os pesquisadores, marketing digital mudou muito nos últimos anos. Para ganhar tráfego nos dias de hoje, você tem que fornecer conteúdo exclusivo e interessante. Você pode fazer isso em seu próprio site e blog, ou se aventurar e escrever artigos em diferentes blogs. Tudo isso vai aumentar seu ranking nos olhos do Google e direcionar o tráfego para o seu site, que você poderá, então, converter em clientes.
Se você ou alguém do seu time tem talento para a escrita, esta é uma maneira excelente e de custo relativamente baixo de ganhar clientes.

E-mail: Depois ganhar um fluxo constante de tráfego no site, é necessário encontrar maneiras de vincular os clientes à sua marca. Uma boa maneira de mantê-los envolvidos é utilizando o e-mail de marketing. Você vai precisar dos endereços de e-mail dos seus clientes. Seja através de um opt-in durante o registro ou um formulário no site. É possível ganhar permissão para enviar boletins informativos para seus clientes, informando-os sobre as atualizações, novos posts e eventos atuais.

Dependendo da frequência de envio, do conteúdo, do produto e do seu público-alvo – esse método pode ser extremamente eficaz!

Marketing Social: Redes sociais: nenhuma empresa deve ficar fora desse mercado em constante crescimento. É de longe, a estratégia mais efetiva quando falamos em baixo custo.

Utilizando as inúmeras redes de mídias sociais, é possível melhorar e amplificar o alcance da sua estratégia. É possível distribuir conteúdo, alcançar seu público-alvo e vender seu produto ou serviço. Além disso, redes sociais oferecem a possibilidade de construir uma audiência mais focada.

B2B marketing: Todas as estratégias que falamos até agora são relativamente comuns e bem conhecidas. O business-to-business é um conceito mais antigo que alguns tendem a ignorar mas que pode trazer oportunidades excelentes.

Seu mercado não contém apenas você e sua concorrência direta, mas toda uma série de empresas que são mais ou menos ligado ao produto que você vende. Isso abre muitas oportunidades para combinar recursos e acrescentar valor.

Deixe-me dar um exemplo: Imagine que você vende sapatos de corrida. Isto significa que seu produto faz parte do mercado de calçados e em uma maior escala do mercado de vestuário. Há um varejista que vende shorts e camisetas de esporte. Através da cooperação com este varejista, você pode criar um especial de primavera, onde o cliente pode obter camisetas, shorts e tênis em um conjunto com um preço especial.
A primeira vantagem é investimento. Uma vez que existem duas empresas que planejam uma campanha, o custo é reduzido pela metade. Em segundo lugar, você ganha a atenção de não só o seu próprio público-alvo, mas também a de seus parceiros.
Para encontrar oportunidades como esta, é preciso detectar empresas que são de alguma maneira ligadas ao seu setor e informar-se se eles estão interessados em cooperar. A melhor maneira de fazer isso é ter alguém que faça as parcerias de cooperação. Isso gera confiança e aumenta as chances de sucesso.

Conclusão

Marketing hoje em dia é uma ciência, especialmente quando você tem que contar com cada centavo e seus fundos limitados no início da empresa. Para garantir uma escolha de medidas de marketing mais eficientes, é preciso definir claramente os objetivos e fazer um controle constante. Vão ter diversas tentativas, alguns erros e outros acertos que deverão ser levados à diante. Todo marketing de sucesso é composto por um mix e não somente um ou outro canal.

Não tenha medo de gastar dinheiro em marketing, mas tente achar qual a melhor estratégia para seu negócio.

Diana Morgado, 25, é formada em relações internacionais, mora em Berlim e trabalha junto com o time de internacionalização do SmartBusinessPlan, a ferramenta de plano de negócios que auxilia o empresário a ter sucesso com a organização dos negócios e com o planejamento financeiro completo.c


ATENÇÃO! Empreendedores, Youtuber, Designers, Proprietários de sites e Profissionais de Marketing Digital.

A Melhor Maneira de Criar Vídeos & Gráficos de Alta Qualidade Para Qualquer Necessidade de Negócios em Minutos™

Usando Apenas Modelos Prontos e Editáveis do PowerPoint.

Lançamento ALTAMENTE LIMITADO, que expira em breve…

INÉDITO NO BRASIL e ficará no ar por pouquíssimo tempo - lançamento especial.